Glossário de franchising

Vantagens e desvantagens do franchisador

Um empresário é chamado de franchisado a partir do momento em que ele adquire uma licença do franchisador para realizar um negócio, tendo como com base um conceito particular de franchising. As taxas e os encargos pagos pelo franchisado ao franchisador para a compra da licença do franchising são estabelecidos num respectivo contrato de franchising. No processo incorrem frequentemente custos fixos e taxas em curso para o franchisado. Além dos direitos de aquisição do conceito, o franchisado recebe do franchisador um apoio mais amplo, no marketing, nas questões da treinamento e formação ou no domínio das tarefas de gestão de negócios. No caso de  sistemas de franchising já estabelecidos com êxito, os franchisados também poderão beneficiar-se da reputação do sistema de franchisig.

O caso ideal é quando a parceria entre franchisado e franchisador traga vantagens para ambos os lados. Consoante à avaliação de cada franchisado existe a possibilidade de haver desvantagens na parceria do franchising, como demonstra o resumo a seguir.

Os pontos seguintes são considerados vantagens para os franchisados, a saber:

  • O franqueado pode aproveitar o conceito de negócio comprovado ou pelo menos bem desenvolvido, o que lhe permitirá saltar algumas partes substanciais de start-ups normais.
  • No caso de sistemas de franchising já bem estabelecidos e bem conhecidos, o franchisado irá beneficiar do reconhecimento da marca de franchising.
  • Os franchisados recebem frequentemente ofertas de assistência em diferentes âmbitos por parte dos franchisadores, as quais um autónomo individual terá dificuldade em adquirir,excepto pagando por um serviço que por sua vez é caro.
  • Os franchisados normalmente gozam de exclusividade territorial, a competitiva luta no respectivo mercado local ou regional pode ser menos acentuada.
  • Os franchisados recebem apoio constante directo e indirectamente sob algumas circunstâncias no financiamento.
  • Os franchisados podem ter vantagens relativamente ao tamanho da rede de franchising e do poder de mercado e de capitais associados, seja na aquisição de bens e publicidade, seja no desenvolvimento da própria rede de franchising.

Os pontos seguintes são considerados pouco vantajosos para os franchisados, a saber:

  • Os franchisados não estão completamente livres, tanto ao nível empresarial como ao nível da divulgação e comercialização dos seus produtos.
  • Os franchisados têm de comprar os benefícios do franchising, com preços fixados pelo franchisador.  
  • Os franchisados estão sujeitos aos erros de outros franchisados ou do próprio franchisador.

« Todos os termos

Pesquisa por Marca

Catálogo de Franchising
Franquias de Lazer, Cultura e Viagens
Franquias de Mobiliário e de Decoração
Franquias de Moda
Franquias de Restaurantes e Hotéis
Franquias de Saúde, Desporto e Beleza
Franquias de Serviços a Empresas
Franquias de Serviços para Casas e Construção
Franquias de Serviços Pessoais
Franquias do Sector Automóvel
Franquias na Área da Alimentação
Franquias para Escritórios, Tecnologia Informática e Telecomunicações
Franquias Várias