Notícias de franchising

02.06.2009

ALMEIDA VIAGENS ATINGE AS 30 AGÊNCIAS ABERTAS, APÓS UM ANO DE ABERTURA DA SUA PRIMEIRA LOJA EM REGIME DE FRANCHISING

Depois de ter realizado a sua primeira Convenção em Portugal, nos passados dias 15, 16 e 17 de Maio, em Figueira de Castelo Rodrigo, onde juntou mais de 50 técnicos de turismo e nove operadores turísticos, a marca espanhola continua o seu ambicioso plano de expansão no nosso país.

Paulo Manuel, director geral da Almeida Viagens Portugal, refere que o conceito representa a fórmula exacta para os momentos de crise que se vivem. Prova disso é o facto de apenas durante o mês de Maio a Almeida Viagens ter aberto seis novas agências: Benfica, Águeda, São Brás de Alportel, Mealhada, Oliveira do Bairro e Amadora. Deste modo a Almeida Viagens alcançou o bonito número de 30 agências em funcionamento, depois de ter aberto a sua primeira loja em regime de franchising, precisamente há um ano, em 6 de Maio de 2008.

Segundo Paulo Manuel, até ao fim do mês de Junho estão previstas a abertura de 8 novas agências, Madeira, Seixal, Marinha Grande, Leiria, Rio Tinto; Montemor-o-Velho; Carcavelos e Trofa, tendo a marca atingido as 40 lojas contratadas.

“Forte investimento na promoção da marca junto do cliente final, preços agressivos e grande aposta na Internet” são as receitas para sustentar o crescimento previsto. Além disso, a marca tenciona apostar no mercado empresarial com o desenvolvimento de uma plataforma que permite às empresas tratarem de todos os pedidos através de uma área reservada. As mais valias da marca são, de acordo com o responsável em Portugal, os baixos preços, “produtos turísticos inovadores” e a utilização das novas tecnologias como forma de divulgação. Para o franchisado, as vantagens residem no “baixo valor de investimento inicial e ausência de royalties sobre a facturação”, “formação de qualidade centrada no atendimento” e liberdade para criar e comercializar pacotes turísticos.

A crise está a beneficiar a expansão da Almeida Viagens, enquanto alternativa viável a quem pretenda ultrapassar situações de desemprego ou necessidade de reconversão de negócios, por ser uma “solução muito competitiva em termos do baixo investimento e risco, e rentável, ao ponto de o investimento ser recuperável num ano”. Também um outro argumento apresentado é o da marca “Melhoramos Qualquer Oferta” que ostentam nas montras das suas lojas, o qual está a contribuir para atrair cada vez mais clientes para as suas agências, dado que os clientes em momentos de crise são muito mais sensíveis a questões relacionadas com os preços. E por fim, acrescenta a importância da aposta da marca num conjunto vasto de ferramentas tecnológicas que permitem o envio direccionado de informação para os seus clientes ou a utilização de sistema de envio de publicidade via bluethooth, disponível em todas as suas agências.

Pesquisa por Marca

Catálogo de Franchising
Franquias de Lazer, Cultura e Viagens
Franquias de Mobiliário e de Decoração
Franquias de Moda
Franquias de Restaurantes e Hotéis
Franquias de Saúde, Desporto e Beleza
Franquias de Serviços a Empresas
Franquias de Serviços para Casas e Construção
Franquias de Serviços Pessoais
Franquias do Sector Automóvel
Franquias na Área da Alimentação
Franquias para Escritórios, Tecnologia Informática e Telecomunicações
Franquias Várias