Guia de franquias

Porque tornar-se franqueador?

Planejamento empresarial para o desenvolvimento de um sistema de franquia


Franchising oferece às empresas a oportunidade de gerar um rápido crescimento das vendas com um uso aceitável de capital próprio e capacidade de trabalho próprio. A construção de um novo sistema de franquia é consideravelmente mais complexo do que um estabelecimento ou expansão regular dos negócios. O planejamento destina-se à dois mercados bastante diferentes, pois o mercado dos produtos ou das prestações de serviços que são oferecidos pelos franqueados e o mercado para os empreendedores novatos, onde somente na Alemanha competem mais de 1.000 conceitos de negócio. Franqueadores alcançam a zona de lucro, como a experiência mostra, apenas após um período de 2-5 anos. É importante saber para o empresário, qual a necessidade de capital, quais são os ganhos podem ser esperados e quais são os riscos. Ele precisa estas informações em forma de um planejamento empresarial antes de investir no sistema. Os seguintes pontos requerem uma atenção especial na construção do sistema:

Documentação da fase piloto
O ponto de partida do planejamento empresarial é a documentação das experiências da operação-piloto. A liderança de pelo menos uma operação-piloto durante um período razoável antes da fundação da sua rede de franquia é mencionada no código de honra da associação alemã de franquias no âmbito das obrigações do franqueador, em primeiro lugar. As razões para o sucesso da operação-piloto é de se identificar e de se descrever.

Planejamento de Receita
O planejamento de receita exige uma abordagem passo-a-passo: As futuras receitas da sede do sistema serão calculadas pelo plano de expansão e pelo desenvolvimento esperado de vendas das futuras franquias Considerando as experiências da operação-piloto.

Planejamento de custos
O ponto de partida do planejamento de custos é a definição das tarefas ou das prestações de serviços da sede do sistema como parte do apoio aos parceiros, além disso adiciona-se as tarefas implementadas na evolução do sistema. A partir disso e dos objetivos de expansão previamente definidos deriva-se a infra-estrutura necessária (espaço físico, pessoal, equipamentos) do centro do sistema. Especialmente na fase inicial se deve procurar sempre limitar os custos fixos e comprar prestações de serviços. A qualidade do atendimento não pode de maneira nenhuma sofrer disso.


Planejamento da Demanda de Capital
A demanda de capital é determinada pelas exigências na infra-estrutura da sede do sistema.

Demanda de Recursos
Uma averiguação exata da exigência de capital de giro é necessária para assegurar a liquidez necessária do sistema. Ela deve ser feita de maneira dinâmica à partir de comparações mensais das entradas e pagamentos esperados.

Previsão de Lucro
A previsão de lucros forma por final a base da decisão final sobre a estrutura do sistema de franquia. Sem a solução cuidadosa das etapas anteriores do planejamento empresarial uma avaliação realista do rendimento esperado não será impossível.

Plano de Tempo e Trabahlho
Última etapa do planejamento empresarial é a concepção de um plano de tempo e de trabalho para o trabalho necessário até a abertura da primeira operação da franquia. Porque existem dependências lógicas e temporais entre as etapas individuais de trabalho, deve haver por isso, a aplicação de técnicas de planejamento de rede.

Fonte: Jens Syring, consultor de gestão

« Todos tópicos de Guia de Franquia

« Todos artigos sobre o tema "Porque tornar-se franqueador?"

Buscar por Marca

Catálogo de Franquia
Franquia de Serviços Empresariais
Franquia de Serviços Pessoais
Franquias Automobilísticas
Franquias de Alimentação
Franquias de Beleza, Saúde e Esporte
Franquias de Escritório, Informática e Telecomunicações
Franquias de Hotelaria, Restaurantes e Cafés
Franquias de Lazer, Cultura e Viagem
Franquias de Moda e Vestuário
Franquias de Móveis e Decoração
Franquias de Serviços para Casa e Edifício
Franquias Diversas